Motion Design | Animação

Motion design e animação são conceitos do design muito bem utilizados pelo marketing. Dependentes de um ótimo senso visual, essas técnicas de longa data estão cada vez mais populares no meio da comunicação. O mercado das produções audiovisuais voltadas a empresas, inserido no mais novo conceito de indústria criativa, tem ganhado visibilidade por seu diferencial: o movimento. A disposição das informações no motion design e na animação deve refletir a essência daquilo que o cliente deseja passar. Mas como? Através de elementos visuais e personagens que são a cara de cada cliente.

O motion design trabalha com a produção de gráficos animados, incluindo personagens, com o objetivo de informar. Textos, fotos, vídeos, formas, ilustrações, artes 3D, entre outros elementos aparecem nas produções de motion design das mais diferentes maneiras. Essa arte híbrida, vinda também do cinema, se popularizou pelos seus movimentos ordenados e dinâmicos.

Assim, o motion design tem um objetivo específico: transmitir uma informação direta à audiência. Seja ela a venda de produtos ou a explicação de conceitos, o motion design está presente em publicidades, vídeos explicativos, aberturas e créditos de filmes, e visualização de dados, por exemplo. O principal objeto da técnica de motion design é a direção de arte. Portanto, as animações agregam valor à arte ao diagramar essas informações com dinamicidade.

Já a animação trata de entregar narrativas à audiência. Por isso, a linguagem propriamente dita tem uma enorme importância nesses trabalhos. Nas produções de animação, não há nenhum link com outro trabalho. Geralmente, elas são ficcionais, artísticas ou documentais. Estão nos filmes, na TV, em curta-metragens, entre outras produções audiovisuais. É comum imaginarmos somente desenhos animados ao pensar nesse assunto, mas o que muitos não sabem é que essa técnica também serve para a produção de aplicativos, webséries, canais de YouTube, e muito mais veículos que aproximam o público do assunto tratado. Em vista disso, a animação tem como objetivo entreter e estimular reações.

A animação pode ser de diversos tipos:

  • Animação clássica, como a maioria das famosas da Disney;
  • Stop motion, criada com fotos quadro por quadro;
  • Rotoscopia, que hoje utiliza o fundo verde para integrar imagem e arte;
  • Animação 2D, como Tom e Jerry, também chamada de “flat design”;
  • Animação 3D, produzida por softwares mais sofisticados. Essas trazem sombras, texturas e formas mais realísticas.

E por aí vai. É preciso muita criatividade e experiência na área para produzir trabalhos de qualidade em qualquer dessas tipologias de animação. Isso porque exige do designer um elevado conhecimento em softwares específicos, como After Effects, Photoshop e Illustrator. A computação gráfica evoluída só tem nos auxiliado no desenvolvimento de novos meios de comunicação, divulgação e promoção.

Sendo ferramentas efetivas e que chamam a atenção, o uso da animação e do motion design nas redes sociais tem o poder de cativar e engajar o público, principalmente com a ascenção dos vídeos em plataformas como o YouTube, o Instagram e o Facebook. Dessa forma, conquistar clientes torna-se mais fácil, não é mesmo? Investir no marketing por meio de animação, motion design e tantas outras peças audiovisuais só tem a acrescentar nos resultados finais do seu negócio. Ao atrair clientes com conteúdos agradáveis e de qualidade, o processo de fidelização é apenas uma consequência.

Aposte nas animações e nos motion designs para alavancar seu negócio! Conquiste clientes através da arte, com conteúdos relevantes que podem ir desde lançamentos de produtos e divulgações, até vídeos mais teóricos e explicativos. Nós auxiliamos sua empresa a ser vista com um olhar mais moderno, dinâmico, e que ainda possibilite um valioso retorno. Entre em contato conosco e vamos elaborar melhor a ideia que nasceu no seu pensamento!

Empresas que confiam em nós:

Solicite agora um orçamento para sua empresa!